O município de Maranguape iniciou, na última quarta-feira (8), o Módulo Introdutório para os Coordenadores e Agentes Sociais do Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC), ação que proporcionará a prática de atividades físicas, culturais e de lazer envolvendo todas as faixas etárias e as pessoas com deficiência. O curso teve início no dia 7 e será finalizado no dia 9 deste mês de março.

O prefeito João Paulo Xerez destacou o empenho do município para proporcionar cada  vez mais ações e políticas públicas em benefício das crianças e jovens, visando o desenvolvimento social e a aprendizagem dos alunos.

Já a secretária de Educação, Rejane Batista, ressaltou a importância do programa para a comunidade maranguapense. “As oportunidades que o PELC leva para as comunidades são enriquecedoras e encantadoras, porque o programa consegue abraçar todas as faixas etárias, com suas atividades diversificadas. Neste primeiro momento, estamos começando com duas turmas”, salientou. Também estava presente Adriano Teixeira, coordenador geral do PELC em Maranguape.

Durante este Módulo Introdutório, a formadora do Ministério do Esporte, Carmen Lilia da Cunha Faro, apresentou as experiências e as diretrizes do PELC no Brasil para os 40 profissionais selecionados para o programa cujo processo seletivo realizado no ano de 2017.


O Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC) vai desenvolver atividades nos núcleos no bairro Outra Banda e na localidade de Tabatinga, que atenderão em torno de 800 pessoas. O programa tem como público-alvo crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos e pessoas com deficiência.

PELC

O programa proporciona a prática de atividades físicas, culturais e de lazer envolvendo todas as faixas etárias e as pessoas com deficiência. Além disso, estimula a convivência social, a formação de gestores e de lideranças comunitárias, favorece a pesquisa e a socialização do conhecimento, contribuindo para que o esporte e o lazer sejam tratados como políticas e direitos de todos.

Deixe uma resposta